top of page

Morte da Soldado Sabrina mostra realidade negligenciada pelos direitos humanos e chama a atenção para o entendimento que Vida de Policiais, Importam




A Soldado Sabrina Freire Romão Franklin, de 30 anos, estava voltando de moto para casa na estrada Ecoturística de Parelheiros, Zona Sul, São Paulo, quando foi surpreendida e executada por dois marginais. Ela chegou a ser levada para o hospital, mas não resistiu...


Não vimos passeatas feministas, não vimos globais engajadas em campanhas contra violência, não vimos comoção da imprensa, e não veremos nota de indignação do ministro Sílvio Almeida, dos Direitos Humanos!


A ASOF presta sua solidariedade à família da Sabrina e, ao mesmo tempo, apresenta sua indignação pela desvalorização com a vida daqueles que dia e noite estão trabalhando para proporcionar segurança e ordem à sociedade.


Somos a última fronteira que impede o caos diário, por isso as autoridades e a comunidade também precisam dar esse brado: Vidas Policiais Importam.

102 visualizações0 comentário

Commentaires


bottom of page