top of page

Dia das Crianças da ASOF/PMDF é Um Sucesso

Ação social com crianças de uma creche da Estrutural e do projeto Ame-os, em comemoração ao Dia da Criança, trouxe alegrias, ensinamentos e solidariedade

Texto e fotos: Paulo Castro

 O sorriso e a satisfação das crianças são objetivos almejados e a razão de ser de muitas organizações que atuam no terceiro setor. Acreditando na necessidade de apoiar a atuação social como forma de minimizar muitos dos problemas que deixam as crianças em situação de vulnerabilidade perante a sociedade, a Associação dos Oficiais da Polícia Militar do Distrito Federal (ASOF – PMDF) organizou e promoveu, no dia 20 de outubro, das 9h às 14h, um dia de brincadeiras, teatro, pinturas na pele, apresentação de cães adestrados e passeio a cavalo com aproximadamente 60 crianças e jovens da creche e casa de apoio “Artes e Sonhos” e do projeto “Ame-os”, ambos situados na Cidade Estrutural (DF), em comemoração ao Dia da Criança.

O dia de atividades lúdicas e brincadeiras aconteceu no Regimento de Polícia Montada, no Riacho Fundo I (DF), e foi a primeira ação dessa natureza programada para acontecer todos os anos, como forma de comemorar o dom da pureza da infância e mostrar o lado social da corporação, ao aproximar a PMDF das comunidades desfavorecidas situadas ao redor da capital, a fim de gerar empatia e confiança mútuas.

“Nós, oficiais da ASOF, estamos muito preocupados com o papel da PMDF na sociedade. Acreditamos que precisamos mudar a imagem que a PM tem perante as comunidades mais carentes do DF. Para trazer uma nova representação da polícia para essas populações mais vulneráveis, precisamos criar uma proximidade maior com elas a partir de vínculos de confiança”, afirmou o Tenente-Coronel Eduardo Naime, Presidente da ASOF.

“A visão que muitas comunidades pobres têm da polícia é a da mão armada do Estado, mas queremos que elas vejam que nós não somos opressores delas, porque estamos ali apenas para protegê-las e servi-las. Um dos objetivos dessa atividade social é nos integrar a essas pessoas, para que elas tenham uma nova visão nossa e possam confiar em nós”, afirmou o coronel. “Com uma atividade assim, podemos dar a essas crianças carentes momentos especiais de brincadeiras e lazer que elas dificilmente teriam no dia a dia delas”, afirmou Capitão Divino Rufino, também da ASOF.

Um dia marcante

Para muitas crianças e adolescentes atendidos pela creche Artes e Sonhos e pelo projeto social Ame-os, a realidade do dia a dia é difícil, repleta de carências das mais diversas. Por isso, um dia de lazer, brincadeiras, lanche e muita alegria torna-se memorável para muitos desses jovens. As crianças foram conduzidas da Estrutural para o Riacho Fundo I em um ônibus da PMDF e, logo ao chegarem, tomaram um café da manhã, fornecido pela organização do evento. Em seguida, as crianças assistiram a um teatrinho com os personagens Lobo Guará e o Policial Ambiental, que conscientizaram as crianças em relação a hábitos saudáveis e sustentáveis, como preservar a natureza, respeitar a fauna e os mananciais hídricos e ajudar a denunciar o tráfico de animais silvestres e a depredação do meio ambiente.

Em seguida, as crianças assistiram a uma apresentação da PM, que mostrou como é feita uma busca de entorpecentes. Para isso, os soldados apresentaram aos espectadores uma cadela adestrada da corporação, que demonstrou como é feito o procedimento de busca de drogas. A cadela foi uma verdadeira alegria para a criançada, que fez carinhos nela e brincou bastante com o querido animal.

Após brincarem muito em piscinas de bolinhas, no escorregador inflável, no pula-pula, com bola e em outros brinquedos, depois de comerem bastante pipoca, cachorro quente e algodão doce, os jovens foram levados para a atividade seguinte, que era passear nos cavalos do Regimento de Polícia Montada, outra alegria incontida para as crianças, que foram fotografadas, filmadas e vibraram muito.


Continuidade do trabalho social

Gabriela Lúcia Oliveira, uma das coordenadoras do projeto Ame-os, acredita que “uma atividade social como esta é importantíssima, porque ajuda as crianças da Estrutural a ver os policiais como amigos. Pela realidade difícil que eles vivem, os jovens carentes de lá acabam se sentindo pouco à vontade com a presença da polícia e não veem a PM como uma proteção. Momentos como este são muito raros para eles, com brinquedos e atividades lúdicas. Trata-se de um instante único para vários deles”, afirmou.

Sara Adorno, outra coordenadora do projeto Ame-os, salienta que “um dia assim é importante para as crianças olharem a sociedade de forma diferente, distinta do que é a realidade delas na Estrutural. Nosso projeto vem criando oportunidades para tirar as crianças da rua, dos momentos de vulnerabilidade que elas vivem”, diz. Ela explica que o projeto Ame-os, que utiliza o espaço da creche Artes e Sonhos na Estrutural, é recente e tem a intenção de dar apoio integral às crianças da comunidade. “O importante é a continuidade de atividades como a deste dia para as crianças”, explica Sara.

Márcia Pinheiro, coordenadora da creche Artes e Sonhos, também é só elogios para o dia propiciado pela ASOF às crianças. Para ela, trata-se de um dia de ensinamentos, valores, de laços de empatia entre a corporação e a comunidade, tão fundamental para a criação de um vínculo de confiança e parceria.



4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page